Dicas e Curiosidades sobre Veneza

Classificada como Patrimônio da Humanidade pela Unesco, a cidade mais romântica da Itália e uma das mais belas do mundo é daqueles lugares recheados de contrastes. Para uns é amor à primeira vista, para outros, é apenas um lugar caro onde tem mais turistas do que moradores. Seja qual for sua opinião, o negócio é ir sem muitas expectativas e contemplar de pertinho o que essa cidade linda e rica em arte e história tem a oferecer.

 

O futuro de Veneza é motivo de preocupação segundo os especialistas que alertam que a cidade tem o risco de ficar submersa sobre a água até 2100.

 

A Praça de São Marcos ou Piazza San Marco em italiano é a única praça da cidade, uma das principais e o ponto turístico mais importante de Veneza. As demais pracinhas são chamadas de “campo”, como o Campo San Polo e o Campo Santa Margherita.

 

Veneza abriga 6 bairros, chamados de “sestieri” em italiano, são eles: San Marco, Castello, Cannaregio, Santa Croce, San Polo e Dorsoduro. É no bairro San Marco onde encontra-se boa parte das atrações da cidade como a Praça de São Marcos e a Basílica de mesmo nome, a Ponte dos Suspiros e o Palácio Ducal.

 

Se você gosta de conhecer lugares fora dos padrões turísticos, em Veneza, um dos passeios turísticos também incluem uma visita a Ilha de São Miguel, onde fica o cemitério da cidade.

 

Atente-se aos preços abusivos e lembre-se: pegou uma mesa, pronto, pagou pelo serviço. No entanto, isso existe em quase toda a Itália. O nome é “taxa de coperto”, que é a taxa de serviço para sentar dentro.  Na verdade, a questão é que tem estabelecimentos que cobram valores acima da média.

 

  • Veneza é formada por ilhas: Veneza foi construída em um grupo de 118 pequenas ilhas que foram separadas por canais e que situam-se no meio de uma lagoa pantanosa (a Lagoa de Veneza) com saída para o Mar Adriático. O interessante sobre a formação de Veneza é que várias dessas ilhotas foram criadas através da engenhosidade humana. A ideia genial foi expandir as porções de terra por meio de aterramento, ou seja, colocando terra sobre a água e unindo os pedaços de terra que estavam separados pelo mar. É por isso que a cidade tem tantos canais e é interligada por pontes.

E sobre o aterramento, não é de crer que até hoje os pilares de madeira que foram fincados nos pequenos pedaços de terra estão intactos depois de tantos anos? A engenhosa estrutura é o que sustenta até hoje a Ilha de Veneza.

Breve resumo: os troncos de madeira eram fincados na argila compactada e com essa junção os troncos ficavam como pedras e bem sustentáveis. E como não há contato com ar atmosférico, a madeira não se decompõe.

 

  • A Moeda é o Euro e a voltagem é de 220V;

  • Mundialmente famosa pelos seus canais que servem como ruas em uma cidade onde não transita carros, Veneza tem nada mais nada menos que 177 canais e mais de 400 pontes.

  • O maior e mais importante canal de Veneza é o Grande Canal (Grand Canal), que corta boa parte da cidade e é uma das principais vias para o trânsito de barcos aquáticos e gôndolas.

  • São quatro pontes que atravessam o Grande Canal, a Ponte da Academia, Ponte dos Descalços e a Ponte da Constituição. E tem a Ponte Rialto, que é a mais antiga de todas, uma das principais, a que tem mais história e ainda conta com uma arquitetura lindíssima.

  • E vocês sabiam que a Ponte Rialto foi parcialmente queimada, já caiu pelo fato de estar lotada de gente, depois foi reconstruída e caiu de novo, e por fim, foi construída com rochas pra aguentar a multidão de gente que passa por ela todos os dias? Com tanta história, ela é a queridinha dos turistas e é um dos cartões postais de Veneza.

 

  • Um fenômeno interessante que assusta o turista que vai para Veneza pela primeira vez e que atormenta os moradores, é o famoso “acqua alta”, que trata-se de uma maré alta que inunda algumas partes da cidade.

Pela localização nada favorável em caso de mudanças climáticas e com mais uma pitadinha da contribuição do homem em mudar o que a natureza criou, o que acontece é que como é cercada pelo mar, em algumas épocas do ano o vento forte sopra em direção a Veneza, levando uma maré alta para as partes mais baixas da cidade, mais de 70% da cidade.

 

  • A maré alta ocorre com mais frequência nos meses de outono e inverno (geralmente entre novembro e dezembro) e, segundo outras fontes, a frequência do acqua alta está aumentando cada vez mais ao longo dos anos. A frequência passou de menos de 10 vezes por ano para mais de 60 vezes por ano.

 

  • E a fama de uma das cidades mais importantes do mundo pela sua arte e arquitetura acaba atraindo milhares de turistas todos os dias seja na alta (verão) ou na baixa estação (inverno). O fato curioso é que o número de turistas é quase igual ao número de habitantes. A cidade habita mais de 55 mil moradores e segura essa, mais de 50 mil turistas por dia;

  • Veneza ainda conta com seu famoso Carnaval, um dos mais antigos e tradicionais do mundo. O Carnaval Veneziano é uma festa onde as pessoas usam máscaras e saem para as ruas para foliar, relembrando a antiga nobreza italiana.O Carnaval em Veneza surgiu em meados do século XVI. Na época, a nobreza usava máscaras para se disfarçarem e ir se misturar com o povão simples.

Com a tradição, o uso de máscaras (brancas, prateadas e douradas) virou um dos elementos mais importantes do Carnaval de Veneza que no passado tinha duração de 6 meses, mas que foi abolido por Napoleão.

Em 1979 a festa voltou, mas a duração foi encurtada e hoje o carnaval dura 10 dias e atrai milhares de turistas que vão as ruas disfarçados com trajes característicos do século XVIII e máscaras maravilhosas que foram ganhando novas cores ao longo dos anos.

 

  • A língua oficial é o italiano, mas em Veneza alguns venezianos também falam o vêneto (a variante falada em Veneza é chamada de veneziano), uma língua romântica que surgiu na região de Vêneto, mas que hoje é considerada como um dialeto do italiano;

  • Devido à constante extração de água subterrânea, assim como a elevação do nível das águas e exploração de poços artesianos, as consequências dessas ações foi o afundamento de Veneza em função da compressão natural do solo.Segundo estudos, os especialistas relatam que Veneza já afundou mais de 20 centímetros nos últimos anos e a cada ano afunda cerca de 2 milímetros por ano.

É um pouco assustador ver uma das cidades mais belas do mundo construída pelo homem afundando lentamente, e as autoridades, assim como nós turistas, também estamos preocupados com o futuro dessa cidade encantadora.

A população de Veneza está reduzindo de uma maneira drástica nos últimos anos e, alguns especialistas até mencionaram que Veneza é a cidade fantasma em 2030. No entanto, isso não quer dizer que a cidade vai sumir, mas o fato representa um risco para a população que pode desaparecer e os habitantes principais serão os turistas no futuro.

 

  • Além do barco clássico veneziano, as famosas gôndolas, as principais embarcações em Veneza são os barcos aquáticos. Já que os canais servem como ruas, os barquinhos fazem a festa pelos canais da cidade e tem até rotas específicas para este tipo de transporte. Os barcos motorizados, conhecidos como vaporettos está entre um dos principais meios de embarcações em Veneza, mas como nem tudo são flores, não é de crer que está entre um dos transportes mais caros do mundo;

  • As gôndolas como principal símbolo de VenezaO passeio de gôndola está entre um dos mais procurados pelos casais apaixonados que visitam uma das cidades mais românticas da Itália.  No entanto, como um dos principais símbolos de Veneza, este passeio pode custar o olho da cara se o seu orçamento é curto.

O interessante é como as gôndolas são construídas, cada gôndola é feita de oito madeiras diferentes e tem em média 11 metros de comprimento. E tem capacidade para transportar até 6 pessoas.

Nos dias de hoje as gôndolas são usadas apenas por turistas, para eventos especiais como casamentos e cerimônias especiais, e até mesmo para funerais.

Hope Pousada

@hopepousada

@hopepousada

  • Hope Pousada
  • Hope Pousada

    hopepousada@gmail.com

    (22)-2622-8357

    (22)-99841-9193